sábado, 2 de fevereiro de 2008

Carnevale


Começou a alienação.
Serão quatro dias com a TV desligada, nada de jornais ou revistas.
O carnaval nada mais é do que uma desculpa para se praticar em quatro dias, todas as sacanagens reservadas para o ano inteiro.
Não quero ser hipócrita, ou mesmo me passar por puritano, mas o que mais me chama a atenção é a mobilização de boa parte deste país no intuito de realizar este evento (cultural?), e de como muitas pessoas se entregam, se vendem, para fazer parte dessa Sodoma e Gomorra moderna.
É impressionante que num país como o Brasil, as pessoas dêem mais importância a este espetáculo grotesco do que a outros assuntos mais relevantes como, por exemplo, a miséria e a desigualdade social que aumentam a cada dia, ou o fato do Brasil ter um alto índice de analfabetismo e o ensino, não só o público como o privado, irem de mal a pior, sem contar todas as tramóias, mandos e desmandos de nossos honrados políticos.
Já que não irei viajar só me resta fechar todas as portas e janelas, ler um bom livro, colocar alguns CD’s para tocarem ininterruptamente e... apelar para o meu velho e desafinado violão.
.....................................................................................................
..................................................

[Foto: Emil Nolde - Women and a Pierrot - 1917 - óleo sobre tela]

3 comentários:

Vanessa disse...

um bom carnaval então... por aqui também não se festeja assim muito! :p

Rafael disse...

Sam Camelo agora?

Perfeito, porém o violão não é seu!

hehehe...

Sam disse...

Depois de três anos você vem me falar isso? =)